Trigésimo terceiro dia – Sobre arte e sentimentos

A minha terapeuta (beijo, Paula) costumava dizer que eu deveria escrever todos os dias. Que esse hábito eventualmente me faria terminar a monografia. No final das contas, foram diversos fatores, cobertos pelo medo de ser jubilado, que me levaram ao fim da faculdade.

Mas eu tentei dar ouvidos ao insistente conselho, por isso criei o Dez Minutos Por Dia. Acabou virando uma baita terapia e tem me ajudado a colocar algumas coisas pra fora.

Penso ser a mesma coisa com músicas. Quem compõe a letra e a melodia precisa processar algo dentro de si e expressar aquilo de forma relativamente coerente.

Então, provavelmente aquela música que você se identifica e curte é fruto de uma mente/alma/pessoa que sentiu/pensou algo semelhante.

Ontem, 20 de julho de 2017, Chester Bennington, vocalista do Linkin Park, cometeu suicídio.

Sabe, a primeira música deles que eu ouvi, por volta dos anos 2000 e pouco, foi Crawling. A Sky exibia um canal de música do México e eles lançaram logo o clipe dos ainda pouco conhecidos músicos. Principalmente porque a programação desse canal era praticamente só passar videoclipe o dia todo.

Não, não estou afirmando que virei fã de Linkin Park antes de ser modinha. A banda era boa e o sucesso foi natural. Mas admito que desconheço praticamente todos os trabalhos após o CD Meteora, com exceção de Bleed It Out e What I’ve Done.

Independente se você gosta(va) ou não da banda, ou do Chester, se você se sensibilizou com a morte dele ou não, tem um fato que é claro:

A voz dele foi ouvida por algo como algumas centenas de milhões de pessoas no mundo. Eu ia escrever dezenas de milhões, mas, vamos ser honestos, eles atravessaram quase duas décadas fazendo música.

Enfim, têm coisas que eu não consigo dizer, mas algumas músicas explicam ou me confortam de certa forma. E eu só posso agradecer por todos os momentos em que Chester e o LP estiveram presentes. Nem sempre foram bons, mas, de certa forma, não estava sozinho.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s