Vigésimo dia – Pós feriado

E começa mais uma semana. Depois de 5 dias para sonecas, estudos, atividades ao ar livre, sair com os amigos, assistir série, documentários, ler livros, etc… eu só sei que dormi muito. E ainda assim foi pouco.

Até a semana passada, minha ansiedade andava rondando como um gato do mato que se prepara para encontrar o melhor ângulo para o ataque, era como um farfalhar meio seco, acompanhado de pequenos galhos quebrando e o sabor do medo.

Dormir aparentemente me fez bem. Já nem estou tão preocupado, mas ainda assim sei que não posso depender dos feriados prolongados. Porque, assim como aquela gostosa sensação de achar dinheiro no bolso da calça, isso não acontece todo dia. Com exceção das pessoas que tem problemas de memória. Mas talvez não seja tão bom pra elas… não sei.

Enfim, uma amiga me mandou um link sobre meditação e de cara o locutor me mandou sentar de forma confortável e num lugar onde ninguém fosse me incomodar… existe isso?

E a pior parte foi que o vídeo tinha 18 (dezoito) minutos. Não aguentei 2. É como ouvir o Chaves, depois de te atazanar ao limite, dizer “tá bom, mas não se irrite”…

Imagine a sensação.

Por hora, respirar fundo tá me ajudando a evitar o bote. Mas dormir também ajuda. Deveria fazer mais.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s