Esquecer e perdoar

Esse é um texto que já tá pronto há no mínimo 2 semanas. E, como muito do que faço, acabou ficando para um momento bem inoportuno. No meio da madrugada, quando deveria ter ido dormir cedo para resolver coisas no dia seguinte. Mas sabe o que vou fazer? Vou me perdoar por não ter escrito antes, bem como me perdoar por fazê-lo no meio da madrugada.

E é sobre isso que quero falar, os benefícios do perdão e do esquecimento para as suas angústias (aquelas memórias incômodas de vacilos ou coisas que cê poderia ter feito melhor). Não confundir com ansiedade (aquele medo daquilo que pode ou não acontecer).

Aquela sensação deliciosa de por a cabeça no travesseiro e lembrar daquela nota baixa em biologia no primeiro ano do ensino médio que te colocou nas provas finais; aquele produto que, depois de muito pesquisa, cê comprou e recebeu um e-mail de uma promoção meia hora depois; aquele sanduíche de rosbife delicioso que a Bárbaros preparava e você não pediu vezes o suficiente na sua vida…

Pois é, todo mundo tem situações imperfeitas ao longo da vida. E isso é normal. O problema é não conseguir prosseguir com tanto peso te segurando. É a metáfora no último arco do filme Up Altas Aventuras, quando a casa deixa de conseguir voar porque o número de balões é pequeno, mas sem os móveis ela fica leve e parte para mais uma aventura.

Seja como uma casa flutuando com balões. Com exceção da parte de sair voando com balões porque isso é a maior pilha errada.

Uma última coisa que quero deixar aqui registrado: tô falando de aprender a deixar pra lá e perdoar vacilos seus, coisas que são impossíveis de mudar e só te atrapalham caso cê esteja sofrendo (guarde o aprendizado). Não estou dizendo necessariamente pra deixar passar vacilo dos outros. Isso daí é uma outra história que é preciso separar. Algumas lições são fortes e profundas demais para eu te dizer duas palavras e ficar tudo bem. Infelizmente.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

2 comentários em “Esquecer e perdoar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s