Aquela sensação

Não tenho propriamente sinestesia. Mas existe um incômodo que surge em certos momentos que não sei explicar. É como ler algo errado logicamente e sentir um certo desconforto. Mas sem saber exatamente a relação. É só uma sensação de “isso não faz sentido” ou “tem algo errado aqui”.

Tendo em vista um certo desapego por laços sociais, decidi que vou deixar pra lá tudo que de alguma forma me desagrada. Dentro da razoabilidade, claro.

Daí tá rolando um deixar de seguir aqui, um desfazer amizade ali, um parar de seguir naquela antiga rede social de fotografia de comida, etc.

Devo admitir que os resultados imediatos são apenas o fortalecimento da bolha em que vivo.

Inclusive, quem vê minhas postagens sabe da tendência esquerdista de merda nas minhas postagem. Algumas mais liberais, outras mais autoritárias. Uma flutuação bem complicada de entender ou conviver. Por isso entendo perfeitamente, hoje em dia, quem deixa de me seguir por não ter vontade de ler sobre tais assuntos.

Não acredito mais ser minha obrigação consertar alguma coisa no mundo. Talvez nunca tenha sido. E deixar de ver coisas desagradáveis é só uma forma de aguardar pelo inexorável destino de maneira menos dolorosa. Ou desconfortável.

E nem planejei essa última parte tão melancólica ou algo do gênero. É só realmente a forma como vejo o atual caminhar da existência cotidiana.

Vida que segue.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s