Aquele tipo de loja

Pois é, esse fim de semana foi um pouco atípico. Primeiro que a sexta terminou louca com falta de energia no meu bairro, enquanto, desesperado e atrasado, tentava terminar um trabalho para o sábado de manhã da pós graduação. Sério, até aula no YouTube pelo celular, enquanto escrevia, teve. Parabéns aos que deixam tudo para a última hora. E ainda terminei o artigo na sala de aula…

Enfim, sábado, após a pós, deixei o carro na oficina. Vou consertar e vender. Tá na hora. Tenho que seguir em frente. Crescer. Eu acho.

E isso me leva ao tópico principal do texto: fui a uma daquelas lojas de adulto.

Pois é, depois de retirar tudo que havia deixado no carro, um casal de amigos me levou pra almoçar. Conversamos, resolvemos algumas coisas, esbarramos com pessoas em corredores e me levaram numa dessas lojas. Tipo, meio que já tava certo, não foi lá essas coisas de aleatório.

Pra falar a verdade, a primeira que fomos estava fechada. Apesar de ter uma placa de aniversário do estabelecimento na frente. Isso até fez surgir uma piada sobre a festa não ter sido boa e por isso estava fechada. Mas pensando agora pode ser o oposto.

A segunda loja foi divertida. Não sei se esse é o adjetivo certo.

Nós tínhamos uma lista ou ideias do que queríamos. Faço aqui essa pausa pra dizer que andar com pessoas com experiência nessas coisas é ótimo, recomendo. O vendedor foi bem atencioso. Perguntava no que estávamos interessados, dava dicas, sugestões, etc. Ofereceu certos produtos para testarmos, dentro das possibilidades de se testar algo numa loja, né?

Foi interessante. Bem mais do que esperava que pudesse ser.

Acabamos comprando quase tudo que queríamos ou acabamos descobrindo que era preciso.

Dentre as coisas que acabaram faltando estão: um rodo, um espelho para o banheiro e luminárias para o escritório e corredor. Ah, tenho que ver também um problema com as tomadas que não estão funcionando (testei com o carregador do celular porque é bivolt e dava pra usar até nas tomadas 220V).

Isso tudo foi meio que contar pra vocês que eventualmente estarei me mudando. De novo. Sozinho dessa vez.

Vou tentar ser um adulto.

Na medida do possível.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s