Sobre a gênese do ordenamento social

Cês conhecem a expressão “cagar regra”?

Segue exemplo elucidativo: imaginem que, durante uma conversa, uma pessoa aleatória afirma, sem uma razão óbvia, como alguma coisa deve ser feita. Tipo, a regra acabou de ser parida ou cagada. Daí a conotação geralmente negativa que essas palavras carregam.

Mas acredito que algo de bom pode ser obtido aqui. Por exemplo, acho que todas as pessoas devem ter regras próprias. Para a sua vida. Para ser um ser humano melhor ou ideal. Assumindo logicamente que “melhor” e “ideal” são valores subjetivos, claro.

Caguem regras para vocês. Não é necessariamente uma coisa ruim. Entendo que nem todo mundo precisa de hora para comer, mas se isso ajuda na sua saúde, faça. Nem todo mundo tem o mesmo ciclo regular de horas de sono, mas se para você é necessário um horário ideal para dormir, faça.

Não tô dizendo que todo mundo precisa de regras, mas que as regras não precisam ser encaradas como algo em contexto negativo. Sentar para escrever é uma regra. Que quebro diversas vezes, mas ainda é uma regra.

Outro exemplo, tento, na medida do possível, conversar diretamente com pessoas que conheço com algum diagnóstico ou aparentes sintomas de depressão ou outros transtornos. E é realmente na medida do possível, porque não tenho intimidade ou abertura com todo mundo.

Bom, tentando resumir de forma didática: caguem regras; discutam estas com seus amigos e/ou terapeutas; tentem levar uma vida saudável; sejam pessoas boas. Ou não.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Uma consideração sobre “Sobre a gênese do ordenamento social”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s