Quadragésimo segundo dia – O problema é o impacto com o chão

Eu tenho acrofobia (medo de alturas/lugares altos). Não é exatamente desagradável, desde que nenhum amigo te diga pra chegar numa varanda de prédio e olhar para cima (NÃO FAÇA ISSO!).

No máximo uma ou duas vezes estive em alguma situação sem proteção, ou que produzisse incômodo, apesar de existirem fotos e filmagens meio tensas minhas num passeio de teleférico…

Bom, ao longo da vida, passei a associar o medo em si, tentando entendê-lo de forma mais racional, com o resultado negativo de se estar em um lugar alto, ou seja: meu medo era cair.

Esse pensamento ajudou a não temer tanto os lugares que tenham itens simples de segurança como grades, vidraças reforçadas, etc.

Eventualmente me deparei, obviamente na internet, com uma piada/anedota que fala que cair de um prédio de 10 andares não te mata, o problema é o impacto com o chão. Igual ao manolo que comprou um paraquedas no Mercado Livre e pulou da sacada de um prédio há algumas semanas (espero muito que aquilo seja fake). Tudo terminou bem, mas a filmagem é tensa.

Enfim, acho que sempre dá para explorar um pouco mais os seus medos. E usá-los como defesa. Ou se preparar para o que pode acontecer. Porque é quase inevitável o momento em que a vida vai te esfregar na cara o quão sacana ela pode ser…

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s