Décimo sétimo dia – Cadê meu frango?

Como esse é um espaço pra falar sobre qualquer coisa que saia da minha cabeça, tô aqui pra reclamar de um fato chato e como dei a volta por cima.

Normalmente, peço o almoço de uma moça que fornece lá no meu trabalho. A comida é bem servida e até bem gostosa. São os principais fatores para não buscar fornecedores mais baratos, ou que entreguem mais cedo, que é outro ponto a ser considerado, ela normalmente chega após 12h30.

E quando digo após é mais ou menos assim: ela pode chegar a qualquer momento… mesmo que isso seja 13h… sim, já aconteceu.

Hoje foi um dos dias que ela chegou relativamente cedo, umas 12h35, mas minha quentinha com coxa e sobrecoxa de frango veio vazia. =/

Ok, não completamente vazia. =x

Sabe aquela sensação de estudar muito para uma prova e se sentir confiante? Pois é, eu também não, mas imagino que deva ser ótima.

Deixa eu tentar outra analogia, imagina que sua banda favorita marca uma coletiva, cê pensa que é um álbum novo, mas os caras estão dando uma pausa na carreira para seguir projetos pessoais…

Pois é… dói, né?

Hoje, recebi a embalagem de isopor (sim, é de isopor, desculpa meio ambiente) e deixei sobre minha mesa enquanto terminava de responder um e-mail. Acabei levando mais tempo que o esperado, ao terminar, segui para a copa, sentei e, ao abrir a embalagem, sou surpreendido pela falta do frango. Assim, tava tudo ali, arroz, feijão, farofa, macarrão, etc. Só tava faltando o frango.

Eu fiquei tão sem reação que eu só encarei aquilo. Eu nem chorei, só tremia, sabe?

Um dos meus colegas que ainda perguntou “tu não pediu nada?”, daí eu acordei do meu estado catatônico e fui procurar a moça do almoço.

Obviamente ela estava fazendo entregas e eu não vou sair procurando num prédio de 5 andares mais térreo.

Enfim, um colega dividiu um pouco do picadinho comigo.

Só que isso (o desaparecimento do frango) me permitiu ser transgressor.

Essa semana tem módulo da pós e estou tendo aula, daí normalmente enrolo no trabalho até umas 17h50 e venho de boa no engarrafamento. Óbvio que fico sem comer e saio da aula varado de fome. Mas hoje consegui parar numa padaria e pedir pão com tucumã, queijo coalho e ovo (sim, eu deliberadamente deixei a banana frita de fora).

E agora estou feliz e bem alimentado esperando o professor chegar na aula.

Espero que você também esteja bem alimentado. ❤

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s