Sexto dia – Sobre um show foda

Cara, não tenho muito para comparar a emoção que tava sentindo na frente daquele palco.

Não sentia tanta adrenalina desde que vi Nightwish, sendo que foi uma empolgação bem distinta.

Foi uma noite bem inesperada. Beirou dar merda muito cedo, mas acabou indo para um caminho interessante.

Caso você seja partidário de que o Pablo representa ~sofrência~, não faz ideia da quantidade de pessoas chorando ontem.

Engraçado que hoje tive uma súbita mudança de humor ao jogar o tarot perguntando o que preciso pra mudar minha vida. Sim, eu jogo tarot há quase dez anos. Mas isso não é importante.

O lance é que o mundo pareceu diferente. Algumas coisas ainda incomodam, mas acho que já sei para onde seguir. Na verdade eu sempre soube, apenas escolhi não fazer. E realmente foi uma questão de escolha.

Vamos ver se ainda dá tempo de salvar alguma coisa.

Ah, tô publicando o texto na madrugada de quarta pra quinta, mas se tudo der certo, quinta tem também. \o/

Vou indo. Depois volto.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s