Que haja Luz

Pois é, sábado o eletricista finalmente foi lá no apartamento instalar as luminárias.

Sim, deveria rasgar meu Certificado de Técnico em Instalações Elétricas… mas a minha desculpa para não ter feito o serviço há no mínimo um mês, ou seja, desde que me mudei, é porque eu meio que tenho medo de levar choque… e não queria me arriscar por estar desacostumado ao trabalho de técnico…

Enfim, é muito bom pode tomar banho sem precisar levar uma lanterna para o banheiro. Ou se preocupar com pilhas/baterias. Ou sempre tá usando a lanterna do celular para se locomover pelos aposentos.

Claro que foi uma baita experiência. Está sendo. Diariamente. Uma casa se formando.

Não posso deixar de agradecer ao pessoal que ofereceu ajuda e fui relutante em aceitar diversas vezes (Kleber e Anne são os principais, mas dá pra citar uma pá de gente aqui).

Já quase dá pra pensar em receber visitas… quase…

Mas vamos deixar o lugar estar mais parecido mesmo com um lar. Só mais um pouco.

Inclusive, dentre as coisas boas que posso listar nessa aventura que foi viver sem luzes, a melhor delas foi estar muito bem acompanhado. ❤

Acho que é isso. Um texto praticamente só de agradecimentos.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s