Sobre Desistir: Primeira Parte

Esse assunto é bem longo e complexo, vou dividir em quantos textos achar necessários para não ficar tão vago e genérico.

Bom, acho digno começar com um “Não Desista!”.

É quase certo que você vai enfrentar algumas dificuldades na vida.

As suas notas podem não ser sempre as melhores, seus amigos podem nem sempre estar disponíveis, seu trabalho nem sempre será uma maravilha, os dias não serão sempre animados, etc. Isso é normal. A vida vai continuar.

Não vai ser fácil, não é pra ser fácil. Calma, respira.

Mas você não deve dar tanta importância para as coisas que te puxam pra baixo, principalmente quando tantas outras coisas boas podem vir do simples fato de você segurar essa barra.

Você pode estudar para a próxima prova, eventualmente sua agenda e a dos seus amigos vai bater, seu trabalho ainda paga as suas contas, sempre pode surgir uma nova razão para animar seus dias, etc. Isso é normal. Essas variáveis fazem parte da continuidade da vida.

Entenda, todo mundo pode acordar um dia sem vontade de cantar uma bela canção. Mas não é por isso que devemos abandonar a música. Para muita coisa, acredito que seja a maior parte das coisas, vale insistir e lutar para continuar.

Caso seja algo que dependa exclusivamente do seu esforço para ser alcançado, não vejo razão óbvia para desistir.

Vamos lá, só mais um pouco.

Todo esforço vai valer a pena.

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

2 comentários em “Sobre Desistir: Primeira Parte”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s