Sobre pequenas rotinas

Tenho mania por controle. Não chega realmente a ser um transtorno, pelo menos não atualmente.

Em boa parte das obras que consumi ao longo da vida, li que devemos evitar a rotina. Que a felicidade está na existência espontânea, na beleza imprevisível. Mas, durante o meu crescimento, acabei desenvolvendo pequenas manias, uma delas é tentar controlar coisas, ou pelo menos tentar colocá-las numa ordem ou lógica pessoal.

De alguma forma isso acaba me dando certo conforto. Saber que preciso acordar cedo para ir trabalhar, que tenho uma obrigação positiva (mesmo que muitas vezes não consiga levantar na hora e fique encarando o teto questionando a necessidade da minha existência). Por isso entendo a urgência de se pensar em como criar empregos atualmente. Já passei pela experiência de não ter nenhuma obrigação. Não foi tão reconfortante assim.

Acho muito legal esse pessoal que mete a cara em rotinas saudáveis. Acordam cedo, batem ponto na academia, tirando fotos, ou filmando, na mesma esteira, ou simulador de escada, todos os dias, postando no stories do Instagram sempre por volta das 6 da manhã…

Espero algum dia ter coragem de fazer algo assim. A parte do exercício. Só pra deixar claro.

Também acho interessante o pessoal que tá no bar todos os dias da semana. Acho que já fiz coisas assim na época de faculdade.

Escrever aqui também é uma rotina, apesar de eu nem ao menos conseguir fazer todos os dias.

Inclusive, o motivo de ter decidido parar de colocar a contagem no título (yep, I did it) é para quebrar uma rotina que não tem obrigação de existir.

A contagem tava lá para eu saber o quanto já progredi. Mas realmente não é uma obrigação. E acho que tá na hora de parar.

Enfim, sempre acabo ficando nervoso com mudanças ou quebras de rotina. Mas isso é a vida, né?

Autor: Elisnei

Servidor Público. Escritor amador. Curioso e fã de tecnologia.

5 comentários em “Sobre pequenas rotinas”

  1. Não sei se é normal, mas leio sempre com a tua voz. Isso é bem engraçado. Inclusive eu faço parte do grupo de “não ter nenhuma obrigação” e isso já é uma rotina (risos), estou tentando quebrar também.

    Curtir

    1. Bom, acho que isso é normal, mas não tenho autoridade para confirmar. É no mínimo interessante.

      Espero que vc consiga quebrar essa rotina logo. Torço por isso.

      Fique bem.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s